Escolha uma Página

Mais um dia tranquilo na ida ao trabalho, a estrada está quase vazia e sem grandes acontecimentos pelo percurso, mas nessa calmaria toda você consegue notar algo diferente no seu veículo: para diminuir sua velocidade é preciso pisar com antecedência no freio para que o veículo consiga parar no momento certo. E é aí que você pode perceber que está na hora de trocar as pastilhas do seu carro.

As pastilhas de freio devem ser trocadas sempre aos pares e são acionadas através do pedal do freio, pressionando desta forma o disco para reduzir a velocidade e parar o veículo. Se o freio demorar para responder é sinal de que essas pastilhas estão gastas e precisam ser trocadas.

Sinais de que já está na hora de trocar as pastilhas

O principal sinal nós já comentamos acima, que é a demora para a redução da velocidade do seu carro, porém existem outros sinais que demonstram o desgaste dessas pequenas peças.

Alguns dos novos modelos que chegam ao mercado já possuem um indicador de desgaste das pastilhas de freio no painel do carro, mas a maioria dos carros, tanto em circulação quanto os fabricados, não possuem esse sistema, por isso é importante ficar de olhos e ouvidos atentos nas nossas dicas.

Barulho na hora de frear: quando as pastilhas estão gastas elas fazem um barulho metálico enquanto pressionam o disco, por isso é interessante se ater a quaisquer ruídos diferentes que escutar durante a frenagem do automóvel.

Manutenção: a cada 5 mil quilômetros rodados é indicado que você faça uma pequena manutenção nas pastilhas de freio para checar se tudo está bem. Já a partir dos 30 mil quilômetros essa troca é necessária e obrigatória, pois é o tempo de vida útil dessas peças. É importante checar também as indicações dadas pela concessionária para o seu modelo de veículo.

Cuidado com a “economia” na hora de trocar sua pastilha

Um dos grandes problemas causados pela troca em casa das pastilhas é a falta de conhecimento e experiência no processo, mesmo por pessoas que acham que sabem o que estão fazendo. Por isso é recomendado que você leve seu veículo em uma boa mecânica para a troca dessas peças.

Além disso, é muito comum que se busque preços menores por estas peças, e eles muitas vezes vêm acompanhados por peças de pouquíssima qualidade ou que não são ideais para aquele modelo de veículo. Isso faz com que elas gastem mais rápido e possam até deixar você na mão.

Prefira pastilhas originais sempre, especialmente se seu veículo for importado. Já falamos aqui que, mesmo com as melhorias que os carros importados sofrem ao vir para o Brasil, alguns de seus sistemas podem ser mais sensíveis, exigindo maior atenção e manutenções com mais frequência.

Opte sempre por qualidade de serviço e peças originais novas para o seu veículo, seja ele importado ou não, afinal, até que ponto realmente vale a pena tentar economizar quando essa “economia”, na verdade, pode sair bem cara.