Escolha uma Página

Quando se trata de segurança e bem-estar na estrada, existe um aspecto muito importante e obrigatório para todos os motoristas, que é a revisão e manutenção de prevenção em seu veículo.

Este cuidado prévio vai fazer com que o trajeto fique muito mais seguro tanto para você quanto para os motoristas que dividem a pista com você. No post de hoje vamos fazer uma geral sobre o sistema de freios do seu carro.

Quais são as partes que compõe o Sistema de Freios?

A função do sistema de freios não é a de parar deliberadamente o carro, mas sim de reduzir a velocidade da roda, o que exige uma grande força e bom funcionamento de todo o sistema, constituído basicamente de sete partes.

#1 Fluido de Freio: eles são óleos desenvolvidos especialmente para rodar nesses sistemas, é muito importante que apenas esse tipo de óleo seja utilizado nos freios, pois oferecem as condições necessárias para a transferência da força da frenagem para as rodas.

#2 Cilindro Mestre: é ele que leva o fluido de freio até os pistões localizados nas pinças ou tambores de freio, possibilitando que o fluido seja enviado com a pressão necessária para imobilizar o carro.

#3 Disco de Freio: essa é a peça que recebe a pressão das pastilhas e das lonas para criar a fricção que desacelera o carro, modelos mais antigos utilizam tambores.

#4 Pedal: esta parte é a que fica diretamente em contato com o motorista e serve para acionar o sistema de freios.

#5 Servo freio: o hidrovácuo aqui serve para reforçar a quantidade de força do pedal e ajudar a transferir essa força para todo o sistema do automóvel, facilitando a frenagem para o motorista e a tornando mais agradável, menos brusca.

#6 Pastilhas: as pastilhas e as lonas são responsáveis pela fricção necessária para desacelerar o carro. São feitos de um material especial que deve aguentar toda a pressão e atrito gerados pela frenagem, especialmente as mais violentas.

#7 Canos e mangueiras: também são utilizados para atuar nos freios e segurar a pressão e atrito gerados na frenagem.

Todo o sistema deve ser minuciosamente conferido para que não hajam surpresas na hora de uma frenagem brusca.

Sistemas de frenagem ABS e EBD

Tanto ABS quando EBD são sistemas complementares que servem para auxiliar a frenagem.

Em uma situação de frenagem, quando os sensores de rotação do ABS, sistema anti bloqueio, captam que a roda está a prestes a travar, o sistema retira a pressão do pedal enviando o fluido de freio novamente para o reservatório.

Mas no que isso resulta? Ele impede o travamento das rodas e permite que o motorista mantenha o controle sobre a trajetória, evitando derrapagens, capotamentos, etc.

O EBD, distribuição eletrônica da força de frenagem, vai trabalhar em conjunto com o sistema ABS e atua como um dosador de potência de frenagem entre os eixos, dianteiro e traseiro, potencializando a eficiência do sistema.

São instalados sensores de reconhecimento de velocidade e a carga sobre cada eixo nas rodas. Com todas essas informações o EBD vai regular a intensidade da aplicação dos freios de forma independente em cada eixo, resultando em estabilidade e controle em várias situações.

Você pode sentir a diferença na prática ao pegar um carro mais antigo e um moderno; no caso dos antigos você pode quase sentir o sistema de freios trabalhando, nos automóveis modernos ele passa quase imperceptivelmente.

Manutenção em dia, peças originais e cuidado no trânsito

Já falamos sobre a importância das peças originais em seu carro aqui no blog, elas influenciam diretamente no desenvolvimento do carro, na vida útil das demais peças e na segurança de todos a bordo.

Além disso a manutenção e revisão do carro devem estar sempre em dia, elas vão apontar problemas que, muitas vezes, você não consegue perceber no dia a dia do seu carro, mas que vão aparecer em um trajeto mais longo.

Aliando estes cuidados à direção defensiva, o seu carro vai agradecer e, mesmo que tenha que desembolsar alguns tostões com certeza será muito menos do que você vai gastar com uma batida ou com um sistema de freio inteirinho novo porque uma peça ruim danificou o resto.

A gente ajudou você com as dicas e também pode ajudar com as peças para seu importado, dá uma conferida no nosso site e nas peças do sistema de freios que temos disponíveis. Qualidade, segurança à preços acessíveis é com a gente mesmo!