Escolha uma Página

A primeira impressão sobre o estado de um automóvel vem da aparência da lataria e da pintura. Não é à toa que os proprietários de veículos querem sempre cuidar deste aspecto da estética. Para ajudar com essa tarefa, separamos algumas dicas para cuidar da lataria e da pintura do carro!

Cuidar da lataria e da pintura de um carro vai muito além de simplesmente mostrar que você tem um carro bonito e com aparência de novo. É uma questão de investimento, já que no futuro, caso for vender o carro, a lataria e a pintura serão um dos principais pontos de avaliação.

Vale lembrar que a repintura não é uma opção muito válida, já que isso pode diminuir o valor da revenda, principalmente se o serviço apresentar falhas.

Já quando o assunto é a lataria, as coisas ficam ainda piores, já que defeitos na lataria são ainda mais prejudiciais para o valor do veículo. A presença de massa plástica para a correção de defeitos é um grande agravante na hora de determinar o valor de venda do carro.

Veja algumas dicas para cuidar da lataria e da pintura do veículo e não correr o risco de desvalorizar o seu carro.

Dicas para cuidar da lataria e da pintura carro

A lataria quase não difere da pintura, ambos são praticamente a mesma coisa, mas vale lembrar que é possível prejudicar a pintura sem prejudicar a lataria. A principal dica para cuidar da lataria em si é bem simples: Muito cuidado para não se envolver em acidentes.

Claro que nem sempre é possível controlar algumas situações. Porém, ao tomar cuidado na entrada e saída de garagens e na hora de fazer balizas, é possível evitar pequenas batidas.

Isso vai proteger a integridade da lataria e a estrutura do veículo e já é um grande passo para a proteção completa da lataria e da pintura do carro.

Não se esqueça de fazer a limpeza de forma correta

A primeira e uma das mais importantes dicas para cuidar da lataria e da pintura do carro é lavá-lo constantemente.

Além de deixar o veículo com aspecto de velho mais rápido, não lavar o carro também prejudica diretamente a pintura. O acúmulo de diferentes partículas e sujeiras pode causar danos à pintura e dependendo da substância, pode haver o surgimento de manchas irreparáveis.

Porém, é preciso saber como lavar o carro para que a estética do veículo não fique ainda mais prejudicada nesse processo. Confira o nosso artigo que ensina como lavar o carro sem estragar a pintura.

Polimento e espelhamento

O polimento e o espalhamento são procedimentos que vão muito além da estética. Claro, o carro fica bem bonito depois desses procedimentos, mas a principal vantagem fica por conta da cera.

Uma cera de qualidade possui propriedades que protegem a pintura e a lataria, principalmente contra a radiação UV.

O polimento pode ser feito com a periodicidade determinada pelo dono o carro, considerando a frequência que o veículo fica sujo e o nível de poluição da cidade. Polimentos profissionais feitos com cera de alta qualidade podem oferecer proteção de 6 meses a 1 ano.

Essa proteção contra o sol é importante para evitar a infame pintura queimada, problema que só é corrigido com a repintura da lataria.

Chuva pode? Pode! Mas…

Muita gente gosta de deixar o carro tomar chuva para economizar água e não ter que lavá-lo. Essa não é uma ideia tão ruim, já que economizar água é extremamente importante, porém, ao fazer isso é necessário secar o veículo o mais rápido possível.

Se a água da chuva secar naturalmente na lataria, a pintura poderá começar a ficar manchada. Nas primeiras vezes, essas manchas chegam apenas até a primeira camada da lataria, geralmente a proteção do polimento. Mas ao fazer isso sempre, as manchas começarão a passar pelo verniz e manchar a pintura de forma permanente.

Por isso, é importante enxugar o veículo assim que o banho de chuva acabar. Claro, não precisa fazer isso sempre que chover, mas é bom não descuidar.

Não estacione debaixo de árvores

Essa é uma dica para cuidar da lataria e da pintura que pode parecer contraditória, afinal, proteger o carro do sol é importante. A sombra que uma árvore pode oferecer para um veículo é bastante importante para a proteção.

Porém, existem alguns riscos em deixar um carro sob uma árvore. Além do risco de sementes e galhos que podem cair e riscar a pintura, existe também a possibilidade de a seiva grudar na lataria e a sua remoção pode ser complicada. Na maioria das vezes é necessário fazer um polimento profissional, mas ainda assim há a possibilidade de ficar arranhões e outros problemas.

Outro grande risco oferecido pelas árvores são os pássaros. Ninguém gosta de ter o veículo coberto por fezes de pássaros, mas essa chateação vai além de simplesmente não gostar da situação. As fezes destes animais possuem uma substância corrosiva que pode acabar com o verniz de proteção da pintura e eventualmente manchar o carro para sempre.

Capas de proteção

As capas automotivas de proteção são uma das primeiras coisas que as pessoas pensam na hora de proteger a lataria e a pintura do veículo. Essa é uma boa ideia, mas apenas se o veículo não for muito utilizado.

Se a capa for colocada e tirada todos os dias, com o tempo ela vai começar a arranhar a pintura. No início não será perceptível, mas eventualmente os riscos começarão a ser visíveis e deixarão a pintura do veículo fosca.

O mais recomendado é sempre tentar deixar o carro em um local protegido da chuva e do sol, sem a necessidade do uso de capas automotivas.

Com essas dicas para cuidar da lataria e da pintura carro é possível manter a estética do veículo por muito mais tempo, assim como evitar uma grande desvalorização na hora de vender o seu usado!