Escolha uma Página

Chery Tiggo 2, primeiras impressões

Desde que a Caoa anunciou a compra da Chery no Brasil, criou-se muita expectativa sobre as novidades que a marca iria trazer para esta nova fase. Uma dessas novidades é o SUV Tiggo 2, que aparece como primeiro produto neste novo momento da montadora,  esse modelo é claramente um ato que coloca a marca no caminho para transformação da imagem da marca chinesa. O modelo mostra a que a marca veio, e a expectativa é que mais carros no nível do Tiggo 2 venham por aí, o objetivo da montadora é que 6 a 8 mil unidades sejam  comercializadas até o final do ano. O Tiggo entra no cenário automotivo nacional com um design arrojado e preço razoavelmente competitivo, promessas de baixo custo de manutenção são outro atrativo do modelo. Sem dúvida um dos pontos mais fortes do Tiggo 2 é o design, suas linhas conseguem se diferenciar de SUVs compactos e hatches aventureiros do mercado, mas se destoando dos clichês comumente encontrados em carros de mesma categoria. Olhando de frente ou de perfil, ele é bem resolvido e sem exageros. O mesmo vale para o interior, que se mostra incrivelmente moderno e esportivo.

Sobre seu desempenho, o Tiggo 2 apresenta motor flex de 4 cilindros em linha, 1.5 16V, o que lhe garante uma potência de 115cv e torque de 14,9 kgfm a 2.700 rpm. Transmissão manual de 5 marchas, tração dianteira, suspensão independente McPherson na dianteira e eixo rígido na traseira, aro 16″ com pneus 205/55 R16, o sistema de freios tem discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS. Tudo isso com 1.240 kg em ordem de marcha.

 

Esse promete!

O Tiggo ainda vem de série com portas e vidros elétricos, ar-condicionado, computador de bordo, bancos em tecido e couro, luzes diurnas de LED, Isofix, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, sensor de estacionamento traseiro e retrovisores com ajuste elétrico. Alguns equipamentos mais importantes ficaram para a versão topo de linha Act, como controle de estabilidade e tração, controle de cruzeiro, câmera de ré e a central multimídia com tela de 8 polegadas. Assim como os novos SUVs o Tiggo 2 pode vir com teto de outra cor, pintura preta, que contrasta com as opcionais de cor de fábrica do carro. SUVs e aventureiros apelam para posições de dirigir bem altas para dar uma sensação mais robusta ao dirigir, sendo assim os bancos do Tiggo partem deste conceito, e oferece uma posição de dirigir interessante, O mercado das marcas chinesas ainda está em seus primeiros passos aqui no Brasil. Mas é provável que em pouco tempo, ele se mostre com a mesma força dos coreanos e japoneses.

Confira nosso site! Armazém Autopeças lá você encontra tudo o que você precisa para o seu asiático!