Escolha uma Página

Recentemente a indústria automobilística passou por uma série de evoluções em diversos segmentos. Os veículos de quatro rodas, que antes eram comumente equipados com instrumentos básicos, agora possuem diferentes tecnologias. E existem diversas tendências do mercado automotivo que provavelmente vão continuar crescendo em 2019.

Quem busca ficar sempre em contato com as novas tendências precisa acompanhar as projeções para o mercado automotivo nos próximos anos. Muitas dessas mudanças estão diretamente ligadas ao advento de novas tecnologias e também à mudança de comportamento que muitas pessoas estão tendo em relação a veículos.

O que esperar do mercado automobilístico nos próximos anos

O mundo e a sociedade estão mudando drasticamente em relação a como interagimos com pessoas e com objetos. Um dos pontos onde esses avanços mais se destacam está na indústria do transporte.

O futuro, não apenas dos automóveis, mas das formas de locomoção em geral, está cheio de novas tecnologias interessantes e animadoras. A revolução de sistemas conectados está induzindo uma grande mudança nos veículos, principalmente os eletrificados e os sistemas de direção autônoma.

Também existe um grande avanço em relação a como esses veículos se comunicam entre eles mesmos e como nós interagimos com essas ferramentas. Sem contar a mudança de infraestrutura em todo o mercado.

É difícil saber o que esperar do mercado automobilístico, mas é possível fazer algumas previsões.

Carros autônomos já não são ficção científica

Vamos começar pelo futuro mais distante que podemos esperar. Os carros autônomos são o sonho de diversas empresas como a Waymo, comandada pela Google, General Motors, Mercedes-Benz, Uber, entre outras.

A ideia dessas companhias é criar um veículo capaz de dirigir sozinho, sem a necessidade de um motorista, tudo feito através de inteligência artificial e processos automatizados. Enquanto isso pode parecer uma busca pela comodidade máxima, a busca pelo aperfeiçoamento dos carros autônomos tem muito a ver com segurança.

Alguns dos defensores deste sistema apontam que a inteligência artificial pode tomar decisões mais rápido do que seres humanos durante situações de acidentes. Em teoria, esses sistemas diminuiriam o número de acidentes ou então reduziriam o número de vítimas.

Porém, apesar dos avanços e dos milhares de carros que já estão em teste, existe uma série de elementos éticos e técnicos que devem ser analisados sobre o uso desses equipamentos. Além, é claro, da dúvida na eficiência destes sistemas para prever acidentes. Essa discussão aumentou ainda mais depois de um acidente fatal entre um veículo autônomo do Uber e uma ciclista nos EUA.

Talvez esse futuro demore para chegar. Mas até lá, os sistemas autônomos já estão sendo implementados em diversos modelos em níveis menores como assistentes de direção. Hoje não é incomum encontrar carros com assistência de baliza, alguns fazem a manobra completamente sozinhos, sem nenhuma interferência do condutor.

Essas tecnologias autônomas se tornarão cada vez mais comuns e populares. Atualmente diversos veículos do mercado nacional possuem o Park Assist.

Eletrificação e tecnologias verdes

Os carros elétricos estão cada vez mais populares, crescendo de forma constante, apesar do preço elevado na maioria dos modelos. Essa popularidade vem do aumento com a preocupação com o meio ambiente e com o preço cada vez mais alto dos combustíveis fosseis em todo o mundo.

A China é atualmente a líder no mercado de carros elétricos, ou EVs. Já o Brasil continua com uma evolução lenta, mas felizmente presente.

Alguns países da Europa já pretendem banir a produção dos veículos movidos exclusivamente a combustão nos próximos 20 anos. Já no mercado asiático, a China quer acabar com os carros tradicionais até 2040, tendo uma frota nova completamente composta por elétricos.

Com esse movimento global em relação aos combustíveis fosseis é de se esperar que logo os eletrificados fiquem cada vez mais comuns e consequentemente mais acessíveis.

Algumas marcas chinesas estão colocando motores elétricos em carros que já fazem sucesso em versão comum. Um dessas empresas é a JAC, que criou o iEV S/E, a versão elétrica do já famoso J5.

Possível fim dos sedãs?

Em diversos países os sedãs estão ficando cada vez menos populares, com o SUV compacto e a Picape se tornando os mais comuns nas ruas. Muito além disso, a Chrysler e a Ford já anunciaram o fim da produção dos carros de passeio que não se enquadram no segmento SUV.

Sejam os SUV 7 Estrelas ou os SUV compactos, esses são os novos queridinhos do mercado mundial, apresentando uma opção espaçosa e muitas vezes de luxo. Logo depois dos SUV, os carros que mostraram mais crescimento no mercado global foram os diferentes modelos de picapes.

O menor interesse do público junto com um menor interesse de produção desses veículos pode representar o fim dos sedãs. Os SUV são a mais nova tendência do mercado e provavelmente chegaram para ficar.

No Brasil, alguns dos favorecedores desta situação são os carros chineses, com o Tiggo 2 e o Lifan X60 e X80 como opções mais acessíveis de SUV.

Interconectividade e o carro como plataforma

Já reparou como atualmente um dos principais pontos de interesse nos veículos é a central multimídia? Propagandas, vendedores e até compradores gostam de focar em como o carro tem interconectividade com outros sistemas.

Enquanto a conexão Bluetooth para atender o celular nos alto-falantes do carro já é algo comum, o mercado está procurando cada vez mais opções para transformar os veículos em uma plataforma parecida com um computador ou um smartphone.

Atualmente muitos modelos contam com WiFi, além de conexão direta com aplicativos através do Apple CarPlay e sistema de integração Android. Isso garante uma interação muito mais dinâmica e um apoio enorme para o condutor, possibilitando o uso de GPS, aplicativos como o Waze e muito mais.

Enquanto designs podem variar de diferentes formas e suas tendências podem surgir e sumir rapidamente, essas novidades que podemos esperar para o mercado automotivo nos próximos anos são quase certeza de se tornarem a nova regra geral.

Mas não importa quais tendências para este mercado surjam, a Armazém Autopeças vai sempre ser a melhor opção para quem busca peças para carros nacionais ou importados, principalmente para os carros chineses!